sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

MATT FRIEBURGHAUS















O meu trabalho digital e impresso mapeiam momentos visuais e espirituais. Atuo como uma testemunha alerta aos eventos que me rodeiam e colecciono som, vídeo e dados que transformo digitalmente. O meu trabalho é um artefacto deste método de investigação. O som é uma base que une as variações dentro do meu trabalho e emerge também como uma componente final da expressão artística ou uma inspiração inicial. A minha atração pelo som começou na adolescência quando tocava guitarra numa banda, e que surgiu mais tarde na escola de arte e caracterizando o meu trabalho. O aspecto visual da minha obra revela a minha longa paixão por mapas. Quero traçar graficamente uma mudança da minha percepção traduzindo as minhas experiências sensoriais.
..........

My digital and printed work maps aural and visual moments. I act as an alert witness to the events around me and collect sound, video, and data and then transform these elements digitally. My work is an artifact of this investigative procedure. Sound is a foundation that unites the range within my work and it emerges as either a component in the final artistic expression or as inspiration at the inception. My gravitation to sound started as a teenager playing guitar in a band, only to emerge later during art school and inform my work. The visual aspect of my work reveals my life-long passion for maps. I want to chart a change of my perception by translating my sensory experiences


evading pings from Matt Frieburghaus on Vimeo.




Sono- from Matt Frieburghaus on Vimeo.



Artist website: www.mattfrieburghaus.com

(c) Matt Frieburghaus/ Park magazine [Multimedia Showcase 2011]

Sem comentários:

Enviar um comentário